quarta-feira, 30 de julho de 2014

Indicação de blog de interesse maçônico (Contos e Lendas da Era Medieval)

    A indicação de blog de interesse maçônico é a página Contos e Lendas da Era Medieval.
   Trata-se de um site rico em ilustrações, tradições e referências mitológicas, religiosas e folclóricas da Idade Média na Europa.

Link para o blog => Contos e Lendas da Era Medieval

   A página Contos e Lendas da Era Medieval aborda importantes aspectos europeus que influenciaram o atual pensamento maçônico.
     São apresentados estudos relevantes para a Maçonaria relacionados a temas como: a organização das antigas guildas de artesãos e as tradições ligadas à cavalaria medieval, entendida como uma arte pela nobreza européia.
    A visita ao blog Contos e Lendas da Era Medieval permite ao leitor transportar-se para uma época lendária, de heróis, cavaleiros, castelos e batalhas, na Europa Medieval.

As histórias sobre cavaleiros medievais e seus combates
apresentados no blog são apresentados com 
ilustrações variadas.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Estudo do quadro From darkness to light (Parte 4).


     Dando continuidade aos estudos dos símbolos contidos no quadro “From darkness to light”.
Quadro "From darkness to light".
Links para => Parte 1 - Parte 2 - Parte 3 deste estudo.

    No lado direito do quadro temos o desenho contendo três pessoas de pé sobre os degraus de uma escada.
    Detalhadamente, estão desenhados: um velho, um homem e um rapaz
      O três desenhos representam as três idades do homem: a velhice, a maturidade e a juventude. Se forem relacionados às três principais colunas que sustentam uma loja maçônica, os três personagens podem simbolizar: a Sabedoria, relacionada à velhice; a Força, relacionada ao homem adulto, e a Beleza, relacionada à juventude.
As três principais colunas de uma loja maçônica são 
representadas por três deuses da Mitologia Grega.
   Por outro lado, como os três personagem estão distribuídos ao longo de uma escada, estando o mais velho, no degrau mais alto, e o mais novo, no degrau mais baixo, é possível associar este símbolo aos níveis de aprendizado maçônico dentro dos Graus Simbólicos (Aprendiz Maçom, Companheiro Maçom e Mestre Maçom).
Os graus do aprendizado maçônico é, várias vezes, 
simbolizado pelos degraus de uma escada.

domingo, 27 de julho de 2014

As civilizações do Crescente Fértil e o Rito Escocês Antigo e Aceito - Mesopotâmia (Parte 3)

     Dando continuidade ao estudo sobre a Mesopotâmia e o Rito e Escocês Antigo e Aceito.
Link para a Parte 1 deste estudo.
Link para a Parte 2 deste estudo.
   No Grau 28 (Cavaleiro do Sol, ou Príncipe Adepto), a referência à Mesopotâmia no Rito Escocês Antigo e Aceito remonta a um período muito antigo. 
   O Grau de Cavaleiro do Sol tem como personagem principal: Adão, o primeiro homem criado por Deus. Nesse Grau, Adão é o título do presidente da Câmara Filosófica do Grau 28.
Brasão do Grau 28 (Cavaleiro do Sol).
     Ao ser criado, Adão viveu inicialmente no Jardim do Éden (ou Paraíso) que, conforme a tradição, estava localizado nas terras da Mesopotâmia, no vale entre os rios Tigre e Eufrates, correspondendo atualmente à região do Iraque.
As especulações mais atuais afirmam que o Jardim do Éden
teria sua localização entre a cidade de Ur e a Babilônia.
    No Grau 28, é estudado também o episódio da expulsão de Adão do Jardim do Éden, resultando daí a sua jornada, bem como a de seus descendentes, pela Mesopotâmia.
     Nos Graus Simbólicos (Graus 1, 2 e 3), a espada flamígera, que simboliza o poder do Venerável Mestre, é uma referência ao período mesopotâmico no qual Adão foi expulso do Jardim do Éden. 
Conforme tradição maçônica, a espada flamígera de uma
 deve ser portada exclusivamente pelo seu Venerável Mestre 
ou, 
excepcionalmente, por um outro Mestre Instalado da loja.
    Conforme a tradição, após a expulsão de Adão e de Eva do Paraíso, um anjo querubim, enviado por Deus, portando uma espada flamígera, guarda a entrada do Jardim do Éden e impede o acesso à Árvore da Vida.
A desobediência cometida por Adão criou,
no Cristianismo, o conceito de Pecado Original.
 
     Tomando por base a narrativa sobre a queda do Homem, devido ao pecado de Adão, e da sua expulsão do Jardim do Éden, a espada flamígera pode, maçonicamente, significar a justiça de Deus e o poder divino, que foram aplicados em razão da desobediência de Adão.
   Outro significado atribuído à estrela flamígera é a vigilância, neste caso, compreendida como a permanente tarefa maçônica de defensora da Verdade.
    Ainda nos Graus Simbólicos, os signos astrológicos que decoram os templos no Grau 1 (Aprendiz Maçom), são oriundos das tradições da Mesopotâmia.

   Conforme os estudos da História das Civilizações, os ensinamentos que deram origem à atual Astrologia Ocidental tiveram início nas civilizações mesopotâmicas da Babilônia e da Caldéia.

sábado, 26 de julho de 2014

Indicação de blog de interesse maçônico (Livres Pensadores)

    A indicação de blog é a página Livres Pensadores, administrada por JOSÉ ROBERTO CARDOSO.
Link para o blog => Livres Pensadores
     O blog Livres Pensadores apresenta pesquisas nas áreas da cultura maçônica, da Teologia, da Astrologia e  da Filosofia, entre outros assuntos.
O pensamento de São de Tomás de Aquino, o maior filósofo
cristão do Ocidente, é estudado no blog Livres Pensadores.

     Os textos publicados oferecem ao leitor uma aprofundada análise de cada tema, oferecendo, na maioria dos estudos, boas referências bibliográficas.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

As civilizações do Crescente Fértil e o Rito Escocês Antigo e Aceito - Mesopotâmia (Parte 2)

    Dando continuidade ao estudo sobre o Rito Escocês Antigo e Aceito e a Antiga Mesopotâmia.
Link para => Parte 1 deste estudo.
Mesopotâmia era a região asiática situada entre os rios Tigre e Eufrates
     No Grau 15 (Cavaleiro do Oriente, ou Cavaleiro da Espada) ocorre uma importante referência à Mesopotâmia. Nesse grau é relatado o retorno do povo de Israel à sua terra (Canaã, na Palestina), após terem sido libertados por Ciro, o Grande, rei da Pérsia.
Link para o estudo sobre => Ciro, o Grande
Na Antiguidade, o exílio para terras distantes e a destruição da
cidade de origem eram castigos comuns aos povos derrotados nas batalhas.
    O evento central dos estudos do Grau 15 é o papel desempenhado por Zorobabel, que conduz o seu povo desde o exílio nas terras da Babilônia, localizada na Mesopotâmia, até a região da Palestina.
Link para o estudo sobre => Zorobabel
A reconstrução do Templo de Jerusalém ocorreu num período de
conflitos entre os povo de Israel e o samaritanos. Em razão disso,
seus operários trabalhavam armados.
     No Grau 32 (Sublime Príncipe do Real Segredo), o Exílio Babilônico (ou Cativeiro Babilônico) e suas influências volta a ser estudado. Os personagens nesse estudo são: Zorobabel, Ciro, Esdras e Neemias.
     Conforme a mitologia dos Altos Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito, Zorobabel liderou politicamente os primeiros grupos de hebreus que retornaram do exílio na Babilônia. Na mesma história, Esdras e Neemias foram os lideranças religiosas que guiaram o Povo Escolhido a permanecerem nos caminhos da religião judaica. Já Ciro, o Grande, foi o rei da Pérsia que derrotou os babilônios e autorizou o retorno dos hebreus à Palestina.
     No Grau 21 (Noaquita, ou Cavaleiro Prussiano), temos outra importante referência mesopotâmica, trata-se do personagem Phaleg (ou Peleg), mestre-arquiteto da Torre de Babel (ou Sinar). 
Link para o estudo sobre => Phaleg
    Esse grau relata Peleg designado pelo rei Ninrode para dirigir os trabalhos de construção na Babilônia de uma torre muito alta, que pudesse servir de refúgio à população contra os futuros dilúvios enviados por Deus.
A Torre de Babel é a primeira grande construção humana,
feita por pedreiros, citada pela Bíblia.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Indicação de blog sobre a Maçonaria (Espaço do Maçom)

    A indicação de site sobre a Maçonaria é a página Espaço do Maçom, administrada por Genaro Figoli.
Link para => Espaço do Maçom 
    O site Espaço do Maçom é um blog que oferece diversos estudos na área da cultura maçônica e da cultura geral.

    Há estudos publicados no blog Espaço do Maçom relativos a temas específicos da Maçonaria como: a simbologia, a ritualística, a história e a doutrina maçônicas.
   O blog Espaço do Maçom trata também de temas relacionados à Filosofia Maçônica, a partir do estudo do pensamento de alguns filósofos clássicos.
    A leitura do blog Espaço do Maçom permite ao leitor perspectivas variadas quanto ao entendimento da doutrina e da filosofia maçônicas.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

As civilizações do Crescente Fértil e o Rito Escocês Antigo e Aceito - Mesopotâmia (Parte 1)

   Dando continuidade ao estudo das civilizações do Crescente Fértil e o Rito Escocês Antigo e Aceito.
Links para os estudos anteriores sobre o Crescente Fértil => Introdução - Egito (Parte 1) - Egito (Parte 2)- Egito (Parte 3) - Egito (Parte 4)
    Mesopotâmia é um antigo nome usado para indicar as terras asiáticas localizadas entre os rios Tigre e Eufrates, as quais eram inundadas nos períodos das cheias desses rios, fertilizando extensas áreas de planícies.
O sul da Mesopotâmia (ou Baixa Mesopotâmia) foi a sua região mais rica, tanto na fertilidade do solo, como no surgimento dos importantes impérios, como os sumérios, os acádios e os babilônios.

    Por volta de 4.000 anos antes da Era Cristã, diversas tribos vindas da Ásia Central fixaram-se na região da Mesopotâmia, em busca de áreas que facilitassem o acesso à água, alimentos, transporte e pesca.
   Com a fixação de tribos na região e as guerras que ali ocorreram, a Mesopotâmia viu surgirem e desaparecerem diversos povos, os quais formaram o que se convencionou chamar de civilização mesopotâmica.
A Civilização Mesopotâmica cresceu, inicialmente, com a 
sucessiva dominação de povos locais por impérios mais fortes.
      Os principais povos da civilização mesopotâmica foram: os sumérios, os acádios, os assírios e os caldeus.
   O Rito Escocês Antigo e Aceito herdou diversos símbolos, mitos e tradições originados na civilização mesopotâmica.
   A primeira referência a ser destacada é a Águia de Lagash, um antigo símbolo sumério, representado por uma águia de duas cabeças (ou águia bicéfala).

Lagash era uma rica cidade localizada na Baixa Mesopotâmia (Sul da Mesopotâmia), próxima ao Golfo Pérsico.
    Modernamente, a águia de duas cabeças foi inserida a partir do Conselho de Imperadores do Oriente e do Ocidente, criado em 1758. A águia bicéfala compunha o Rito de Perfeição, de 25 graus, o qual antecedeu o Rito Escocês Antigo e Aceito.

     Nos estudos posteriores serão analisadas as demais relações entre o Rito Escocês Antigo Aceito e a Antiga Mesopotâmia.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Indicação de documentário (O Poder da Maçonaria)

    Clique em um dos links abaixo e acesse o interessante documentário O Poder da Maçonaria, produzido pelo National Geographic Channel.
Link para o documentário => O Poder da Maçonaria (Opção 1)
Link para o documentário => O Poder da Maçonaria (Opção 2)
  O documentário aborda as origens da Maçonaria, começando pelos Cavaleiros Templários.
     A seguir, aborda o discurso de Andrew Ramsay, o qual narrava uma história sobre as origens da Arte Real, sem bases na História.
  No decorrer do documentário, são tratados outros aspectos históricos, doutrinários e sobre a organização da Maçonaria.
No decorrer do documentário O Poder da Maçonaria, 
são entrevistados historiadores e especialistas no assunto.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Indicação de blog de interesse maçônico (As Cruzadas).

     A indicação de blog para estudo complementar aos temas exclusivamente maçônicos é a página As Cruzadas.
Link para o blog => As Cruzadas
    O portal As Cruzadas publica periodicamente estudos sobre as campanhas militares da Cristandade Medieval, que tinham como objetivo principal a reconquista dos territórios da Terra Santa.
    Os temas apresentados abordam aspectos relacionados às batalhas da época, aos historiadores que escreveram esse tema, sobre os personagens que se destacaram durante aqueles eventos e às tradições dos povos que participaram dos combates, entre outros assuntos.
São Bernardo de Claraval é um dos importantes
personagens estudados no blog As Cruzadas.
    O blog As Cruzadas disponibiliza, no alto da página, links para outros temas relevantes, como características das cidades, das catedrais e dos contos da época. 
    O estudo sobre o período das Cruzadas tem importância fundamental para o entendimento da influência da Ordem dos Cavaleiros do Templo (ou Ordem dos Templários) nos Altos Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Ary Azevedo de Moraes (Ary Charuto), ex-presidente do Consistório Nº 1.

    ARY AZEVEDO DE MORAES, o saudoso Ary Charuto, era maçom mineiro, nascido em Juiz de Fora. Foi iniciado no dia 17 de junho de 1944, chegando a ser o decano da Loja Cayrú Nº 762 (Link para => Loja Cayrú), no bairro Méier, no Rio de Janeiro.
    Ary Charuto pertencia também ao quadro de obreiros da  tradicional Loja Esperança Nº 0037, também localizada no Rio de Janeiro.
   Durante mais de sessenta e seis cinco da sua vida, dedicou-se à Maçonaria Brasileira, onde exerceu inúmeros cargos nas potências simbólicas, chegando a tornar-se o decano da Soberana Assembléia Federal Legislativa e portador da Comenda Dom Pedro I.
Consistório de Príncipes do Real Segredo
O maçom Ary Azevedo de Moraes teve sempre
 uma ação maçônica firme e destacada.
 

   Nos Altos Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito, Ary Charuto alcançou o Grau 33 (Grande Inspetor Geral) e exerceu o cargo de Presidente do Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1, no período entre 03 de maio de 1990 e 15 de outubro de 1993.
    No Supremo Conselho do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito, ocupou o cargo de Membro Efetivo e era um personagem sempre presente no dia-a-dia daquela potência maçônica.
Consistório de Príncipes do Real Segredo
Ary Charuto vestido com os paramentos
de Membro Efetivo do Supremo Conselho.
 
    Na vida profana, Ary Charuto trabalhou na assessoria do governo de Juscelino Kubtischeck, foi fabricante do medicamento odontológico Um Minuto, participou da fundação da rede das Pioneiras Sociais e foi tesoureiro da Cruz Vermelha Brasileira.
    Como autor, Ary Azevedo Moraes escreveu o livro "Eu vi e vivi", disponível na biblioteca do Grande Oriente de São Paulo (Link para => Biblioteca Maçônica Virtual Ibrahim Nobre).
   Ary Charuto após 89 anos de uma vida intensamente vivida, faleceu no dia 22 de outubro de 2009, e deixou na Maçonaria Fluminense uma lacuna que jamais será preenchida.
    Clique no link abaixo e acesse o vídeo em homenagem ao saudoso eterno Presidente do Consistório Nº 1, Irmão Ary Azevedo de Moraes.
Vídeo em homenagem ao => Ary Charuto

segunda-feira, 7 de julho de 2014

A Alquimia e o Grau 31

    Os estudos realizados no Grau 31 (Grande Inspetor Inquisidor Comendador) abordam, entre outros temas, os caminhos que a Alquimia aponta para o aperfeiçoamento espiritual do Homem.
Os alquimistas realizaram pesquisas nas área da
Química, Metalurgia, Astrologia e da Religião.
 
    A Alquimia é uma antiga tradição mística que crê na purificação como forma de aprimorar as substâncias líquidas (criando o Elixir da Longa Vida) e as substâncias sólidas (descobrindo a Pedra Filosofal), a fim aperfeiçoar toda a Natureza.
    Os símbolos da purificação usados pela Alquimia foram adotados pelo Rito Escocês Antigo e Aceito como alusão ao aperfeiçoamento moral do Homem.
Os alquimistas usavam símbolos específicos
para representar cada substância que pesquisavam.
  Dentre os símbolos da Alquimia mais usados para representar o processo de aperfeiçoamento moral estão: a cor negra, a cor branca e a cor vermelha. Na Alquimia, estas cores receberam os seguintes nomes: nigredo (cor negra), albedo (cor branca) e rubedo (cor vermelha).
   No Grau 31, os estados de evolução moral do Homem são representados por três aves, as quais possuem um profundo significado nas mitologias grega, celta e cristã. São elas: o corvo (a cor negra), a pomba (a cor branca) e a fênix (a cor vermelha).
   A fim de complementar o entendimento deste estudo, acesse o link abaixo.

domingo, 6 de julho de 2014

Personagens do Grau 32 (Frederico II, o Grande) - Complementação

    Complementando o estudo sobre Frederico II, o Grande, rei da Prússia.
Link para o estudo sobre => Frederico II, rei da Prússia
A Prússia foi uma poderosa nação, que dominou boa parte da 
Europa Central durante o século XIX e que, através do presidente 
Otton von Bismarck, deu origem ao Império Alemão. 
     Clique no quadro abaixo para acessar o áudio sobre esse importante monarca, déspota esclarecido e modernizador da Prússia.
video

sábado, 5 de julho de 2014

Indicação de filme (Perfume, a história de um assassino)

    A indicação de filme relacionado à Alquimia é a película Perfume, a história de um assassino.
  Durante o período medieval e na Idade Moderna, a Alquimia inspirou seus pesquisadores a procurarem substâncias, matérias, elixires e poções que transformassem magicamente a realidade humana.
   O principal método usado nessas pesquisas era a purificação, que compreendia procedimentos como: filtragem, decantação, evaporação e condensação, diluição e desidratação.
Nos laboratórios alquímicos havia fornos,
cadinhos, retortas e decantadores.
     No ano de 2007, foi lançado o filme Perfume, a história de um assassino, uma ficção que narra a história de Jean-Baptiste Grenouille (interpretado por Ben Whishaw), um aprendiz de perfumista que possui um olfato muitíssimo apurado.
   Jean-Baptiste Grenouille utiliza seu dom olfativo para criar novos aromas e perfumes, e assim revitalizar a perfumaria do seu patrão Giuseppe Baldini (interpretado por Dustin Hoffman).
Dustin Hoffman desempenha o papel do proprientário de uma
perfumaria em decadência até a chegada de Jean-Baptiste Grenouille
    Existe uma permanente referência alquímica na história, visto que, no decorrer do filme, o aprendiz de perfumista persiste em criar um mágico “perfume ideal”, definitivamente agradável e duradouro, tal como faziam os antigos alquimistas. Contudo, o jovem Grenouille usa nessa tarefa vários métodos criminosos.
     O filme é uma adaptação do livro O Perfume, escrito por Patrick Suskind.
     Clique num dos links abaixo e acesse o filme Perfume, a história de um assassino.
Link para o filme => Perfume, a história de um assassino (Opção 1)
Link para o filme => Perfume, a história de um assassino (Opção 2)

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Indicação de blog sobre a Maçonaria (Filhos de Hiram)

      A indicação de site sobre a Maçonaria é a página Filhos de Hiram - Maçonaria Mística, Operativa e Especulativa.
Link para => Filhos de Hiram
    O site Filhos de Hiram é um blog que oferece diversos estudos na área da cultura maçônica e da cultura geral.

   As pesquisas apresentadas no blog Filhos de Hiram espalham-se em diversas áreas do conhecimento, relacionando-se direta ou indiretamente com a Maçonaria.
A página inicial do blog Filhos de Hiram é composta
 por um mosaico de links, que dão acesso a vários estudos.
     Há estudos publicados no blog Filhos de Hiram relativos à História Geral, Literatura, Espiritualidade, Cultura Maçônica, Música, Teologia, além de vários outros temas relevantes.
   No alto da página, no canto esquerdo, através do link escrito Mosaic, pode-se alterar a forma de apresentação do blog e modificar sua visualização para outros estilos.
    A leitura do blog Filhos de Hiram permite ao leitor o acesso a um amplo espectro de assuntos relacionados à Arte Real.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Estudo do quadro From darkness to light (Parte 3)


 Dando continuidade ao estudo do quadro FROM DARKNESS TO LIGHT.
Quadro "From darkness to light"
Links para => Parte 1 e Parte 2 deste estudo.
    O elemento de destaque que ocupa uma das posições centrais no quadro é o Altar dos Juramentos
O Altar dos Juramentos é um elemento presente em 
diversos graus do Rito Escocês Antigo e Aceito.
     De um modo geral, os compromissos solenes prestados pelo maçom dentro do templo são realizados diante do Altar dos Juramentos.
   Conforme a descrição bíblica, na ornamentação do Templo de Salomão não havia o Altar dos Juramentos, posto que a finalidade daquela edificação era principalmente servir de local para a realização das cerimônias de adoração a Jeovah (ou Yahweh), o Deus Único dos hebreus.
A Ordem Rosacruz possui em seus templos o Shekinah, 
um elemento ritualístico que possui algumas 
semelhanças com o Altar dos Juramentos.
   No quadro, sobre o Altar dos Juramentos estão depositados: a Bíblia, aberta no Salmo 133 (ou Salmo da Fraternidade Maçônica); um compasso aberto sobre um esquadro e uma almofada azul.
     O Altar dos Juramentos está localizado sobre um tapete quadriculado, maçonicamente chamado de Pavimento Mosaico. O Pavimento Mosaico está contornado por um conjunto de formas pontiagudas, maçonicamente chamadas de Orla Dentada.
      Em volta do Altar dos Juramentos estão colocados: uma corda, um chinelo, uma espada com punho em cruz, uma almofada azul, uma folha de papel e três colunas (servindo como castiçais) encimadas com velas acesas.

    Excetuando a espada, cuja utilização é típica dos Altos Graus (ou Graus Superiores), os objetos acima descritos estão, na maioria, relacionados às atividades de pedreiros e fazem parte dos Graus Simbólicos (ou Maçonaria Azul), que abrange o Grau 1 (Aprendiz), Grau 2 (Companheiro) e Grau 3 (Mestre).
A espada é utilizada em elevações de 
graus realizadas no Consistório Nº 1.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Relação do Consistórios do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito

     O Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1 é um entre vários Consistórios distribuídos no território brasileiro.
Consistórios
    Segue abaixo a relação dos Consistórios de Príncipes do Real Segredo pertencentes ao Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito.
- Consistório Nº 1 - Campo de São Cristóvão 114 - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro.
Link para => Consistório Nº 1
- Consistório Nº 2 - Rua Boa Vista 76 13º andar Centro - São Paulo - São Paulo.
- Consistório Nº 3 - Rua Imperial 2311 São José - Recife -Pernambuco.
- Consistório Nº 4 - Rua Armogaste José da Silveira 250 - Goiânia - Goiás.
- Consistório Nº 5 - Caixa Postal 010232 - Vitória - Espírito Santo.
- Consistório Nº 6 - Rua Rio de Janeiro 985 11º andar - Centro - Belo Horizonte - Minas Gerais.
- Consistório Nº 7 - Rua Vidal Ramos 310 Centro - Florianópolis - Santa Catarina.
- Consistório Nº 8 - Caixa Postal 130 - Maceió - Alagoas.
- Consistório Nº 9 - Caixa Postal 563 - Natal - Rio Grande do Norte.
- Consistório Nº 10 - Rua Santa Catarina 175 - Sacramenta - Belém - Pará.
- Consistório Nº 11 - Caixa Postal 63 - Uberlândia - Minas Gerais.
- Consistório Nº 12 - Caixa Postal 173 - Aracaju - Sergipe.
- Consistório Nº 13 - Rua Carlos Gomes 665 - Rio Grande - Rio Grande do Sul.
- Consistório Nº 14 - Caixa Postal 605 - Manaus - Amazonas.
- Consistório Nº 15 - Caixa Postal 58 - Corumbá - Mato Grosso do Sul.
- Consistório Nº 16 - SGAS Quadra 913 Conjunto H Asa Sul - Brasília - Distrito Federal.

 Link para => Consistório Nº 16
- Consistório Nº 17 - Caixa Postal 201 - Curitiba - Paraná.

- Consistório Nº 18 - Caixa Postal 33 - Caratinga - Minas Gerais.

- Consistório Nº 19 - Beco Maria da Paz 74 Edifício Band Loja 1 - Salvador - Bahia.

- Consistório Nº 20 - Caixa Postal 149 - Apucarana - Paraná.

- Consistório Nº 21 - Rua José Bonifácio 333 Centro - Porto Velho - Rondônia. (Link para => Consistório Nº 21)

- Consistório Nº 22 - Caixa Postal 567 - Teresina - Piauí

- Consistório Nº 23 - Caixa Postal 104 - Pouso Alegre - Minas Gerais.

- Consistório Nº 24 - Rua das Paparaúbas s/nº - São Francisco - São Luís - Maranhão. 

- Consistório Nº 25 - Rua São Félix 789 Jardim Vilas Boas - Campo Grande - Mato Grosso do Sul.

- Consistório Nº 26 - Rua Bandeirantes 685 - Araçatuba - São Paulo.

- Consistório Nº 27 - Caixa Postal 647 - Centro - Ipatinga - Minas Gerais.

- Consistório Nº 28 - Rua Benjamin Costa 155 - Colatina - Minas Gerais.

- Consistório Nº 29 - Rua 25 de março 100 - Cachoeiro do Itapemirim -  Minas Gerais.

- Consistório Nº 30 - Rua Sete de Setembro 165 - Passos -  Minas Gerais.

- Consistório Nº 31 - Caixa Postal 153 - Rio Claro - São Paulo.
Consistório Nº 32 - Rua Barão do Rio Branco 45 sala 56 - Sorocaba - São Paulo.
- Consistório Nº 33 - Rua Barão do Rio Branco 1598 Centro - Boa Vista - Roraima.
- Consistório Nº 34 - Rua Historiador Rubens de Mendonça 5560 Bairro Morada da Serra - Cuiabá - Mato Grosso.
- Consistório Nº 35 - Caixa Postal 85944 - Barra Mansa - Rio de Janeiro. 
- Consistório Nº 36 - Rua General Osório 1620 - Dourados - Mato Grosso do Sul. 
- Consistório Nº 37 - Rua Duque de Caxias 260 - Ribeirão Preto - São Paulo.
Link para o => Consistório Nº 37
- Consistório Nº 38 - Rua Júlio guerra 559 Centro - Ji-Paraná - Rondônia.
- Consistório Nº 39 - Rua comendador Batista 67 4º andar Cidade Baixa - Porto Alegre - Rio Grande do Sul.
- Consistório Nº 40 - Rua Treze de Maio 103 Altos - Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro.
- Consistório Nº 41 - Rua Doutor Campos Salles 514 - Campinas - São Paulo. 
Consistório Nº 42 - Rua Doutor Soter de Araújo 34 Vila Nova - Santos - São Paulo.
Consistório Nº 43 - Rua Doutor Mário Galvão 430 - São José dos Campos - São Paulo.
- Consistório Nº 44 - Caixa Postal 122 - Feira de Santana (Bahia)
- Consistório Nº 45 - Rua Doutor Antônio Lavigne de Lemos 173 Centro - Ilhéus (Bahia)
- Consistório Nº 46 - Caixa Postal 165 - Juazeiro (Bahia)
- Consistório Nº 47 - Rua Vasco da Gama 909 Jaguaribe - João Pessoa (Paraíba)
- Consistório Nº 48 - Rua Professor Plácido Nogueira 300 Jardim das Rosas - Presidente Prudente - São Paulo.
- Consistório Nº 49 - Rua Major Leônidas Cardoso 229 Centro - Botucatu - São Paulo.
- Consistório Nº 50 - Rua Rodrigues Alves 856 - Caixa Postas 518 - Bauru - São Paulo.
- Consistório Nº 51 - Rua Ipiranga 603 Centro - Mogi das Cruzes - São Paulo.
- Consistório Nº 52 - Rua Gentil Dias s/nº - Cândida Câmara - Montes Claros - Minas Gerais.
- Consistório Nº 53 - Caixa Postal 59 - Catalão - Goiás.
- Consistório Nº 54 - Caixa Postal 127 - São João da Boa Vista - São Paulo.
- Consistório Nº 55 - Caixa Postal 65 - Itapetininga - São Paulo.
- Consistório Nº 56 - Caixa Postal 89 - Piracicaba - São Paulo.
- Consistório Nº 57 - Caixa Postal 639 - Ponta Grossa - Paraná.
- Consistório Nº 58 - Rua Buenos Aires 133 Ponta Aguda - Blumenau - Santa Catarina.
- Consistório Nº 59 - Rua Doutora Ana Barbosa 1110 - Assis - São Paulo.
- Consistório Nº 60 - Rua Siqueira Campos 512 - Guaratinguetá- São Paulo. 
- Consistório Nº 61 - Caixa Postal 160 - Vitória da Conquista (Bahia)
- Consistório Nº 62 - Cascavel - Paraná.
- Consistório Nº 63 - Rua Inácio Vale 600 São Manoel - Mossoró - Rio Grande do Norte.
- Consistório Nº 64 - Rua São Pedro s/nº - Parangaba - Fortaleza - Ceará. 
- Consistório Nº 65 - Rua Dona Inácia 163 Centro - Lavras - Minas Gerais.
- Consistório Nº 66 - Caixa Postal 01 - Caraguatatuba - São Paulo.
- Consistório Nº 67 - Rua Frei Rogério 65 Porto União - Santa Catarina. 
- Consistório Nº 68 - Rua Antônio Justino 221 Jardim Bela Vista - Patos - Paraíba.
- Consistório Nº 69 - Rua Doutor Nereu Ramos 229 São Francisco do Sul - Santa Catarina.
- Consistório Nº 70 - Caixa Posta 34 - São Carlos - São Paulo.
- Consistório Nº 71 - Rua Rio Claro 133 Lote II Forlin - Videira - Santa Catarina.
- Consistório Nº 72 - Rua Nilo Peçanha 702 - Rio Verde  - Goiás.
- Consistório Nº 73 - Caixa Postal 203 Macedo - Guarulhos - São Paulo.
- Consistório Nº 74 - Caixa Postal 163 Centro - Colíder - Mato Grosso.
- Consistório Nº 75 - Rua Anhanguera 461 Jardim Piratininga - Osasco - São Paulo.
- Consistório Nº 76 - Caixa postal 42 - Alfenas - Minas Gerais.
- Consistório Nº 77 - Rua Treze de Maio 1008 - Tatuí - São Paulo.
- Consistório Nº 78 - QNJ Área Especial 01 A Taguatinga Norte - Brasília - Distrito Federal.  
- Consistório Nº 79 - Rua monsenhor Hipólito 531 Centro - Picos - Piauí.
- Consistório Nº 80 - Rua Getúlio Vargas 1086 - Guarapuava - Paraná.
- Consistório Nº 81 - Caixa Postal 133 - Videira - Santa Catarina.
- Consistório Nº 82 - Caixa Postal 34 - Três Rios - Rio de Janeiro.
- Consistório Nº 83 - Avenida Doutor Humberto Machado 123 - Coromandel - Minas Gerais.
Consistório Nº 84 - Rua Silva Jardim 63 Centro - Petrópolis - Rio de Janeiro.
- Consistório Nº 85 - Rua Professor Emílio de Araújo Chaves 645 Catolé - Campina Grande - Paraíba.
- Consistório Nº 86 - Rua Coriolano Milhomem 1345 Praça Tiradentes - Imperatriz - Maranhão.
- Consistório Nº 87 - Rua Oscar Laranjeira 75 Inidianópolis - Caruaru - Pernambuco
- Consistório Nº 88 - Rua Alonso Vidigal 520 Centro - Ceres - Goiás.
- Consistório Nº 89 - Rua Nanuque 532 - Juiz de Fora - Minas Gerais.
- Consistório Nº 90 - Rua Manoel Wanordem de Castro 160 Terra Nova - Taubaté - São Paulo. 
- Consistório Nº 91 - Rua Nove de Julho 350 - Salto - São Paulo.
- Consistório Nº 92 - Rua dos Maçons 277 Jardim Santa Lúcia - Suzano - São Paulo.
- Consistório Nº 93 - Rua João Jacó de Souza 100 Centro - Araripina - Pernambuco.
- Consistório Nº 94 - Rua Campos Salles 333 - São José do Rio Pardo - São Paulo.
- Consistório Nº 95 - Rua Visconde de Rio Branco 690 - Limeira - São Paulo.
- Consistório Nº 96 - Rua Brigadeiro Eduardo Gomes 3358 - Altamira - Pará.
- Consistório Nº 97 - Rua Antônio Elias Feitosa 630 - Pau dos Ferros - Rio Grande do Norte.
- Consistório Nº 98 - Rua Vidal de Negreiros 85 Centro - Vitória de Santo Antão - Pernambuco.
- Consistório Nº 100 - São Caetano - São Paulo.
- Consistório Nº 101 - Rua Santa Rita Nº 4, Itumbiara - Goiás.
- Consistório Nº 102 - Palmas - Tocantins.
- Consistório Nº 108 - Santos - São Paulo. 
     Caso alguma informação esteja incompleta ou incorreta, solicitamos que seja feito contato através da caixa de comentários deste Blog, a fim de que a informação possa ser corrigida ou atualizada e devidamente comunicada ao órgão responsável.