terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A Rosa Mística e o Rito Escocês Antigo e Aceito

     A Rosa Mística (ou Cândida Rosa) é um dos mais importantes símbolos dos Altos Graus (do Grau 4 ao Grau 33) do Rito Escocês Antigo e Aceito, pois associa aspectos esotéricos, religiosos e poéticos.
    Na tradição cristã, a Rosa Mística possui vários significados. O primeiro deles está ligado às aparições da Virgem Maria na região de Montichiari, na Itália, entre os anos de 1947 e 1976.
       Nessas epifanias, a imagem de Nossa Senhora surgia tendo uma coroa luminosa à frente do coração, a qual tinha tinha o formato semelhante a uma rosa.
      As aparições da Virgem Maria em Montechiari atraíram inúmeros fiéis católicos e deram origem ao culto de Nossa Senhora da Rosa Mística.
       O misticismo da rosa é também narrado na mitologia da Grécia Antiga. 
     Conta uma lenda, que a deusa Afrodite encontrou o jovem Adônis, por quem era apaixonada, gravemente ferido devido ataque de um enorme javali. Ao socorrê-lo, Afrodite se feriu, quando tentava deitar o corpo de Adônis sobre roseiral ainda em flor. 
   O sangue da deusa ferida tingiu as rosas que desabrochavam. 
       A lenda relata que Afrodite colheu as flores manchadas com seu sangue e colocou-as sobre o ferimento de Adônis, regenerando a ferida e revivendo o seu amado.
Com essa lenda tem início, na Antiguidade Grega, 
a associação da rosa vermelha ao amor apaixonado.
    O mito sobre Afrodite e Adônis deu origem à cerimônia conhecida como rosália, a qual posteriormente originou a tradição de depositar flores sobre os túmulos, simbolizando o desejo da regeneração física e espiritual dos mortos.
    Sob o ponto de vista iniciático, o significado da rosa mística pode ser compreendido como a vitória definitiva após o sofrimento mais intenso. 
   Em uma das mais importantes obras da literatura universal, A Divina Comédia, o poeta Dante Alighieri, no final da sua trajetória, após atravessar os suplícios do Inferno e do Purgatório, conseguiu contemplar a Rosa Mística, no lugar mais alto do Paraíso (ou Empíreo), onde habitavam, em torno de Deus, os santos e os seres abençoados.
Na obra A Divina Comédia, Dante e sua amada Beatriz
contemplaram o Empíreo. Essa região era composta por seres que
circundavam uma intensa luz, cuja imagem assemelhava-se a uma rosa.
Link para a descrição do => Paraíso
feita por Dante Aliguieri
  Sob o aspecto hermético, a Rosa Mística é entendida, algumas vezes, como o objetivo final do iniciado, ou seja, o de visitar o interior da terra e de lá retornar após ter contemplado essa Rosa Sagrada, de forma semelhante ao ensinamento contido na expressão V.I.T.R.IO.L..
Link para melhor entender o => V.I.T.R.I.O.L.
Link para melhor entender => Visita o interior da terra
   À luz do entendimento cristão, a Rosa Mística é a Salvação do Espírito que, após enfrentar os sofrimentos da vida material, encontra a felicidade eterna junto a Deus.
    Sob o ponto de vista maçônico, é possível atribuir à Rosa Mística o mesmo significado da Palavra Perdida, pois ambas simbolizam os mais profundos mistérios que devem ser desvelados pelos iniciados.
Link pra melhor entender a => Palavra Perdida
   Na Maçonaria, a Rosa Mística é apresentada, por exemplo, no Grau 18 (Cavaleiro Rosacruz, ou do Pelicano) como elemento central dos estudos, os quais incluem, entre outros temas: o Misticismo Cristão, a Alquimia, o Hermetismo e a Tradição Rosacruz.
No Grau 18 (Cavaleiro do Pelicano), a rosa e a cruz formam
um símbolo que serve de base para todo o entendimento desse Grau.
      Em relação ao Rito Escocês Antigo e Aceito, além do significado relacionado a Cristo, a Rosa Mística pode também representar: a conquista final da alma, a ascensão espiritual definitiva ou o último patamar da evolução espiritual.
Diferentemente do Cristianismo, que prega a Salvação, no Budismo, o
último patamar da evolução espiritual é o Nirvana, um estado espiritual
de pura felicidade e completamente além do sofrimento.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Blog do Consistório Nº 1 aproxima-se das 250.000 visualizações.

     No momento em que o Blog do Consistório Nº 1 se aproxima de completar 1/4 de milhão de visualizações, cabe apresentar algumas reflexões e informações sobre este informativo.

     O Blog do Consistório Nº 1 nasceu da necessidade da Administração deste Alto Corpo de manter os maçons pertencentes ao nosso quadro de obreiros: informados, atualizados e estudando o Rito Escocês Antigo de Aceito.
    A iniciativa da elaboração do Blog do Consistório Nº 1 ocorreu a partir da consolidação de informações obtidas junto a um grupo de profissionais que contribuíram significativamente para a gênese das suas primeiras páginas. Esse grupo de colaboradores incluiu: um mestre em Educação; uma professora da rede pública estadual com vasta experiência pedagógica, graduada em Letras; uma profissional experiente formada em Biblioteconomia, um especialista em Docência do Ensino Superior, entre outros profissionais com expertise em Comunicação e Educação.
    Partindo de uma proposta inicialmente voltada a ser apenas um informativo administrativo interno, o Blog do Consistório Nº 1 passou a acolher nas suas páginas, pesquisas acerca da Maçonaria, em geral, e do Rito Escocês Antigo e Aceito, em particular (link para => Estudos), permitindo aos maçons e aos não maçons conhecerem os trabalhos e os estudos que são realizados nas oficinas do Grau 31 (Grande Inspetor Inquisidor Comendador) e do Grau 32 (Sublime Príncipe do Real Segredo). Atualmente são 167 (cento e sessenta e sete) estudos, que incluem textos, vídeos e áudios.
     Os dados mais atualizados nos dão conta que o Blog do Consistório Nº 1 apresenta uma média diária, desde a sua criação, de mais de 300 (trezentas) visualizações diárias, originárias de diversos países, incluindo: China, Malásia, Ucrânia e Rússia (veja imagem abaixo).
   Deste modo, fica aqui o registro da Administração do Consistório Nº 1 a esse marco no número expressivo de visualizações e ao importante papel desempenhado por esta ferramenta, na promoção e divulgação das atividades deste Alto Corpo centenário, tradicional, organizado, numeroso e pedagógico, pertencente Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito.

Convocação para a sessão de 15.12.2015 (Instrução do Grau 31).


     A Administração do Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1 comunica aos maçons dos Graus 31, 32 e 33, regulares com o Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito que, às 18:00 horas do dia 15 de dezembro de 2015, será realizada a Sessão de Instrução do Grau 31 (Grande Inspetor Inquisidor Comendador), na Câmara Filosófica do Consistório Nº 1, localizada na Sede do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para Rito Escocês Antigo e Aceito, sito no Campo de São Cristóvão nº 114, bairro de São Cristóvão, Rio de Janeiro - RJ.
   Nessa ocasião, será apresentada uma instrução relativa tradição do Antigo Egito e ao Rito Escocês Antigo e Aceito, com foco no Grau 31.
  A instrução será ministrada pelo maçom ANÍBAL RAMON AYALA SANTOMÉ, portador do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito.
  Sendo assim, os maçons pertencentes ao quadro de obreiros do Consistório Nº 1 estão convocados para participarem da sessão.

Panorama atual do Rito Escocês Antigo e Aceito




































segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Convocação para a sessão de 15.11.2015 (Instrução do Grau 31).


     A Administração do Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1 comunica aos maçons dos Graus 31, 32 e 33, regulares com o Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito que, às 18:00 horas do dia 16 de novembro de 2015, será realizada a Sessão de Instrução do Grau 31 (Grande Inspetor Inquisidor Comendador), na Câmara Filosófica do Consistório Nº 1, localizada na Sede do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para Rito Escocês Antigo e Aceito, sito no Campo de São Cristóvão nº 114, bairro de São Cristóvão, Rio de Janeiro - RJ.
   Nessa ocasião, será apresentada a instrução: Um panorama sobre Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA) no Brasil, a ser ministrada pelo Comandante-em-Chefe do Consistório Nº 1, MILTON ANTÔNIO GRAÇA DO SACRAMENTO.
      No decorrer da instrução serão tratados aspectos como: as características das potências simbólicas e filosóficas do REAA, as características dos ensinamentos do REAA (do Grau 1 ao Grau 31), além de outros temas relacionados à doutrina e à filosofia do Rito Escocês Antigo e Aceito.
Os fatos relacionados à Lenda do Mestre Arquiteto do Templo de Salomão,
 Hiram Abbiff, serão analisados à luz dos demais ensinamentos do REAA.

  Sendo assim, os maçons pertencentes ao quadro de obreiros do Consistório Nº 1 estão convocados para participarem da sessão.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Sessão Magna de elevação ao Grau 32 em 15.10.2015.

    No dia 15 de outubro de 2015, às 18:00 horas, foi realizada na Câmara Filosófica do Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1, a Sessão Magna de Elevação ao Grau 32 (Sublime Príncipe do Real Segredo).
    Nessa sessão, vinte e sete maçons, que cumpriram os requisitos necessários às suas elevações, foram iniciados no Grau 32 e receberam os mistérios desse grau (sinais, toques e palavras).
Foto dos maçons elevados ao Grau 32 em 15 de outubro de 2015.
       No decorrer da sessão foi inaugurado o novo painel do Grande Acampamento do Grau 32, dotado de um sistema de controle de iluminação elétrico, com a finalidade de melhor explicar aos maçons recém-elevados, tanto a doutrina, quanto a filosofia do Grau 32. 
Foto do novo painel do Grande Acampamento do Grau 32
   A Sessão Magna de Elevação foi presidida pelo Comandante-em-Chefe do Consistório Nº 1, MILTON ANTÔNIO GRAÇA DO SACRAMENTO, e contou com a presença do maçom STENÉLIO DOS SANTOS RODRIGUES, Grande Secretário de Finanças do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito, e do maçom AILTON CAL DE BRITO, Grande Ministro de Estado do nosso Supremo Conselho.

Maçons elevados ao Grau 32 em 15.10.2015.


     Segue abaixo a relação dos vinte e sete maçons elevados ao Grau 32 (Sublime Príncipe do Real Segredo) na Sessão Magna Ritualística realizada em 15 de outubro de 2015:
01. ALAN DE CARVALHO RAMOS
02. AMAURY JORGE DE MAGALHÃES
03. CARLOS ALBERTO DA SILVA CORREA
04. CARLOS ALBERTO DE SOUZA
05. DARIO TITO MICHELEM MAIA
06. DELMAR PEREIRA DA SILVA
07. EVALDO MARCOLINI
08. FERNANDO JOSÉ ALVES
09. FERNANDO RICARDO BARCELOS
10. HENRIQUE DA CUNHA
11. JORGE JACOB NETO
12. JORGE LUIZ MENEZES DOS SANTOS
13. LUIZ CARLOS DE AZEVEDO
14. MARCOS CEZAR VIEIRA TARRADT
15. MARCOS RIBEIRO GIRO
16. MAURÍCIO JARDIM SIMÕES
17. MARCO ANTÔNIO DE ALMEIDA BORGES
18. MANOEL SANTOS LINO
19. MAURÍCIO JOSÉ LOUREIRO
20. OMAR TORRES DE CASTRO FILHO
21. OSCARLINO DE ARAÚJO
22. RENATO LUIZ MARQUES ELLENA
23. RONALDO SÉRGIO FREUND
24. RUBENS DA SILVA COSTA
25. SEBASTIÃO FRAGA
26. SIDNEY NETTO GODINHO
27. UDILSON MENDES DA SILVA

    A Administração do Consistório Nº 1 parabeniza os novos Sublimes Príncipes do Real Segredo (Grau 32) e os concita a permanecerem firmes nas suas caminhadas maçônicas.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Posse do novo Grande Orador do Consistório Nº 1.

    Na Sessão Ritualística do dia 15 de junho de 2015, o maçom ALENÍCIO CAVALCANTE DE MELLO, portador do Grau 33 (Grande Inspetor Geral) do Rito Escocês Antigo e Aceito, assumiu o cargo de Grande Orador do Mui Poderoso Consistório de Príncipes do Real Segredo Nº 1, em substituição ao maçom MANOEL BENJAMIN DE MENDONZA, também portador do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito.
   ALENÍCIO CAVALCANTE DE MELLO é um antigo e atuante membro do quadro de obreiros do Consistório Nº 1.
  Nos Graus Simbólicos, é obreiro da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Indústria e Caridade, fundada no ano de 1839 e localizada no município de Nova Friburgo.
   Ao ser empossado no cargo de Grande Orador do Consistório Nº 1, o maçom ALENÍCIO CAVALCANTE DE MELLO assume, entre outros encargos, as tarefas de verificar legalidade dos trabalhos no transcorrer das Sessões Ritualísticas e apresentar, em nome do Comandante-em-Chefe, os agradecimentos à presença das autoridades maçônicas e dos maçons visitantes.
ALENÍCIO CAVALCANTE DE MELLO, Grau 33 do R:.E:.A:.A:.

O profeta Jeremias e o Rito Escocês Antigo e Aceito.

    Os estudos do Grau 32 (Sublime Príncipe do Real Segredo) do Rito Escocês Antigo e Aceito dão destaque especial aos profetas bíblicos.
  Entre os profetas do Antigo Testamento, Jeremias é um dos mais importantes e sua pregação teve papel fundamental na condução do antigo Povo de Israel, sendo esse profeta o responsável por esconder definitivamente a Arca da Aliança, conforme narra o 2º Livro de Macabeus. 
Conforme a narrativa bíblica, acredita-se que a Arca da Aliança
foi retirada de Jerusalém e escondida sob o Monte Nebo.
    Jeremias, cujo nome significa Yahweh exalta, atuou em Israel por aproximadamente 47 anos (entre o ano de 627 a.C. e 580 a.C.) e suas pregações tinham como foco a fidelidade do povo de Israel a Yahweh, o Deus Único dos hebreus.
Jeremias é dos profetas pintados por Michelangelo
no teto 
da Capela Sistina, no Vaticano. 

     Baseado nas suas profecias, Jeremias advertiu que o povo de Israel, que se encontrava afastado da Palavra de Deus, seria invadido e dominado por uma outra nação. Por esta razão, o profeta foi acusado e perseguido por seu próprio povo.
Jeremias é dos profetas esculpidos por Aleijadinho 
no adro do  Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, 
no município de Congonhas do Campo.

      O profeta Jeremias viveu para assistir o cumprimento da sua profecia. A cidade de Jerusalém foi invadida e dominada pelo Império Babilônico, no ano de 587 a.C., comandado pelo rei Nabucodonozor II.
     No que se refere ao Rito Escocês Antigo e Aceito, a mensagem do profeta Jeremias poder ser relacionada à fidelidade aos deveres que o Homem deve possuir em relação a Deus.

        Clique num dos links abaixo, para assistir o filme sobre a história de Jeremias, o profeta que previu a invasão da antiga Jerusalém.
Link para o filme => Jeremias (Opção 1)
Link para o filme => Jeremias (Opção 2)